CICLISMO»» 27.º Prémio Juvenil Aldeia de Paio Pires

Venceu a nível individual e colectivo…

SICASAL DOMINA POR COMPLETO A PROVA DESTINADA AO ESCALÃO DE JUNIORES

Leonel Firmino (Sicasal) foi o vencedor da prova mais importante do 27.º Prémio Juvenil de Aldeia de Paio Pires que levou os ciclistas a percorrer uma distância de 70 quilómetros num circuito de 10 voltas entre Paio Pires, Torre da Marinha, Arrentela, Seixal e Paio Pires.

Durante o percurso formou-se um grupo de oito ciclistas que entraram na recta da meta de forma compacta. No sprint final Leonel Firmino foi o mais rápido e cortou a meta em primeiro lugar à frente do seu companheiro de equipa Wilson Esperança e Francisco Marques (Milharado) que terminou em terceiro lugar.

A Sicasal que colocou três ciclistas nos quatro primeiros lugares foi a também a equipa vencedora em termos colectivos.

A equipa do clube organizador, LA Alumínios/SGR Ambiente/CC A Paio Pires, que teve alguns problemas mecânicos ao longo da prova, ficou um pouco aquém das suas expectativas.

Para além desta prova relativa ao escalão de juniores decorreram também no período da manhã outras provas destinadas aos escalões mais jovens, nomeadamente a pupilos/benjamins, iniciados, infantis, juvenis, cadetes e juniores femininos em representação de 19 equipas.

Daniel Estevão (Jorbi) e Madalena Santos (Alcobaça) foram os vencedores no escalão de benjamins, Daniel Franco (BTT Team - Colares) e Rita Casquilho (Milharado) triunfaram em iniciados, Julian Espinoza (Alcobaça) venceu em cadetes e Diogo Sousinha foi o primeiro no escalão de juvenis.

Na cerimónia de entrega de prémios estiveram presentes o vice-presidente da Câmara Municipal do Seixal, Jorge Gonçalves e o presidente da União das Freguesias do Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires, António Santos.



Leonel Firmino ganha pela quarta vez em Paio Pires

No final da prova de juniores o nosso jornal falou com Leonel Firmino que obteve a sua primeira vitória da época que coincidiu com o quarto triunfo em Paio Pires.

“Tenho tido algumas lesões e esta foi a minha primeira vitória da época, mas agora já estou a voltar ao normal e consegui vencer este circuito, pela quarta vez. Foi uma chegada ao meu jeito. Na curva que dá entrada para a recta da meta coloquei-me entre os primeiros. Para se ganhar aqui tem que ser assim, eu apliquei-me a fundo e consegui vencer. O percurso é rolante mas tem alguma dificuldade na parte da calçada, em que faz um topo, mas eu agarrei-me bem e no fim foi só sprintar”, disse o ciclista. 



José Rosa realça o azar que bateu à porta da sua equipa

Um pouco desiludido com a prestação da sua equipa estava José Rosa, o treinador do LA Alumínios/SGR Ambiente/CC A Paio Pires.

“A nossa participação não foi das melhores, o Rodrigo Caixas que é um dos nossos melhores atletas teve uma avaria, foi obrigado a mudar de bicicleta e depois já não conseguiu chegar à frente. Ainda metemos dois ciclistas na fuga mas não foi nada daquilo que tínhamos programado”, referiu a propósito.

“Este ano temos vindo a fazer uma época jeitosa. Estivemos há dias na Volta a Portugal de Juniores onde um dos nossos atletas [Rodrigo Caixas] fez um 4.º lugar no contra-relógio e andámos sempre a discutir os primeiros lugares mas no último dia também tivemos azar com uma avaria mecânica”, contou José Rosa  que gostaria de ver mais atletas no clube.

“O presidente da Câmara mostrou interesse na construção de um velódromo e também da nossa sede social, pode ser que assim apareça mais gente jovem para o ciclismo”. 






Share on Google Plus