TAÇA AF SETÚBAL»» O que pensam os treinadores sobre a final

Numa coisa estão de acordo: Que seja uma grande festa do futebol distrital…

AMBIÇÃO É COISA QUE NÃO FALTA PARA AMBOS OS LADOS

Os treinadores José Carvalho (Amora) e Élio Santos (Charneca de Caparica) vão disputar pela primeira vez a final da Taça AFS – Joaquim Sousa Marques.

Na antevisão ao desafio e, em declarações ao site da AF Setúbal, ambos garantem que erguer o troféu é o objectivo num jogo que desejam ser de festa em nome do futebol da região.



José Carvalho (Amora): “Temos tradição na taça e o objectivo é ganhar a terceira”

José Carvalho, treinador do Amora FC, garante que a sua equipa vai “encarar esta final, assumindo a responsabilidade de quem é detentor do troféu e quer manter esse estatuto”.

“Temos tradição na taça e o objectivo é ganhar a terceira”, assume o treinador de 61 anos, antes de reconhecer que o troféu associativo “é muito prestigiante”.

O técnico amorense reconhece que “o adversário tem bons jogadores, bem orientados e que representam um clube quem tem crescido muito nos últimos anos”. Por isto, o treinador do Amora garante que “o triunfo só será alcançado se estivermos ao nosso melhor nível competitivo”.

“Espero que seja um grande espectáculo e uma festa bonita que honre o futebol distrital”, regista José Carvalho.
 

Élio Santos: “Ganhar a taça seria o culminar uma época muito boa”

O treinador Élio Santos, que tal como a equipa do Charneca de Caparica FC, chega pela primeira vez à final da taça associativa, admite que festejar com a conquista, representaria “uma grande alegria para todos os charnequenses a culminar uma época muito boa”.
Élio Santos não esconde que “o Amora tem uma excelente equipa, com jogadores de grande qualidade técnica individual. Sabemos, antemão as dificuldades que vamos enfrentar, e admito que o favoritismo, à partida, possa estar nos 90/10 para eles”, aponta.

Contudo, o treinador lembra que tem “um plantel valoroso, unido e capaz de se transcender”, um argumento que a juntar “a uma Direcção sempre presente” constituem os pontos fortes para chegar ao sucesso. Ou seja um triunfo na taça associativa que, Élio Santos quer festejar num jogo que antevê muito disputado.

“Gostaria de ver o estádio cheio e um ambiente de grande festa de promoção ao nosso futebol distrital”, deseja o treinador.

Share on Google Plus