GOLEADOR»» Luís Miguel (Corroios) comete proeza

Esta época marcou 30 golos e na anterior ainda como júnior fez 33…

JOGADOR MARCA SETE GOLOS NUM SÓ JOGO

Luís Miguel, avançado, de 19 anos, jogador do Ginásio Clube de Corroios que esta época disputou o campeonato distrital da 2.ª divisão (sénior) da AF Setúbal, foi protagonista, na última jornada da competição, de um caso raro no futebol português.

O jovem futebolista, que representa o clube desde os cinco anos de idade, marcou sete golos no jogo que a sua equipa disputou com o Águas de Moura, último classificado do campeonato.

“Os meus colegas de equipa sabiam que eu precisava de marcar sete golos para igualar o adversário que seguia na frente da tabela e resolveram ajudar-me, nesse sentido. Só que, ele também marcou dois, e acabou por se sagrar o melhor marcador”, conta Luís Miguel que fez 30 golos no seu primeiro ano como jogador sénior depois de na época anterior, ainda como júnior, ter feito 33.

“O máximo que tinha feito num só jogo era três e agora foram sete mas isso só foi possível com a ajuda dos meus companheiros que foram fantásticos. A equipa trabalhou bem e eles foram criando as condições necessárias para que eu fizesse os golos”, conta o jovem goleador que considera a “visão de jogo” e a “desmarcação” as suas principais armas.


Chegou a altura de sair…

 “O Corroios sempre foi a minha casa, estou cá desde pequenino, à 15 anos, e adoro o clube, mas agora chegou a altura de sair”, disse Luís Miguel que adora marcar golos e está a ser alvo da cobiça de outros clubes.

“Já recebi algumas propostas mas ainda não estou vinculado a nenhum clube. Só depois de analisar todos os convites é que tomarei uma decisão”, adiantou o jogador que não esconde o seu desejo de um dia se poder tornar profissional de futebol num clube de outra dimensão.

“Gostaria de chegar à I ou II Liga. Sei que para isso vou ter que trabalhar bastante mas vontade não me falta”, rematou o jogador.



Jardel, Fernando Peres e Peyroteo...

Luís Miguel igualou assim um feito que anteriormente só havia sido conseguido por Jardel (FC Porto) em 1997 e Peres (Sporting) em 1971. O recorde, porém, pertence a Peyroteo (Sporting) que marcou 9 golos em 1941/1942

O feito mais recente pertence a Jardel quando era ainda jogador do FC Porto e aconteceu precisamente a 17 de Dezembro de 1997 num jogo relativo à Taça de Portugal, disputado com o Juventude de Évora, que terminou com o resultado de 9-1.


Mas antes disso, a 23 de Maio de 1971, Peres (Sporting) também havia feito o mesmo na goleada de 21-0 aplicada pelos leões ao Mindelense, equipa de Cabo Verde, que na altura também participava na Taça de Portugal.

Contudo, importa salientar que o recorde de golos marcados num só jogo pertence a Peyroteo (Sporting) que na época de 1941/42 marcou 9 golos ao Leça, num jogo que terminou com o resultado de 14-0.

Share on Google Plus