1.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» Olímpico 4 U. Santiago 1

Cami bisou e foi, juntamente com Márcio Madeira, o melhor marcador do campeonato…

CAMPO DA LIBERDADE VESTIU-SE DE GALA PARA RECEBER OS CAMPEÕES

O Campo da Liberdade, no Montijo, vestiu-se mais uma vez de gala para receber os campeões que defrontavam na derradeira jornada o U. Santiago, uma das boas equipas do campeonato.

Com muita gente, bancada cheia e grande ambiente o jogo começou praticamente com o primeiro golo do Olímpico marcado aos 12 minutos, por Cami, que fez explodir de alegria pela primeira vez, os adeptos do clube.

O U. Santiago ia fazendo o seu jogo com o objectivo de alcançar o melhor resultado possível e acabou por chegar ao empate já relativamente perto do intervalo, aos 41 minutos por intermédio de Bertrande.

Na segunda parte ainda não estava concluído o primeiro minuto quando o Olímpico se colocou na frente do marcador, desta vez com um golo de Carlitos.

Depois, Cami bisou aos 74 minutos e Thiago aos 82 fixou o marcador final em 4-1, resultado demasiado pesado para a equipa alentejana que, por aquilo que fez, não merecia tal castigo. Mas, o futebol é assim mesmo…

De referir que, com os dois golos que marcou, Cami igualou Márcio Madeira na lista dos melhores marcadores, tendo ambos terminado o campeonato com 24 golos marcados.

Terminado o campeonato, não restam dúvidas quanto ao vencedor. O Olímpico do Montijo foi efectivamente a melhor equipa do campeonato e os resultados falam por si.

O U. Santiago, como já dissemos, uma das boas equipas do campeonato terminou em sexto lugar, uma posição que embora não sendo famosa também não é nada má…


No final do jogo houve festa

No final do jogo houve festa rija no Montijo com desfile pelas ruas da cidade de adeptos, atletas e dirigentes acompanhados pela charanga da Casa da Alegria até ao jardim da Casa Mora onde foram atribuídas as faixas aos campeões seguindo-se depois “comes e bebes” (porco no espeto) e muita música.




Share on Google Plus