2.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» Cercalense 0 Palmelense 1

Cercalense, que jogou com muita vontade, foi sempre um adversário incómodo…

PALMELENSE TEVE QUE ARREGAÇAR AS MANGAS PARA TRAZER A VITÓRIA

A Juventude Cercalense, que durante a semana tinha perdido o seu treinador que saiu para abraçar um novo projecto no estrangeiro, deu muito boa conta de si no jogo que disputou com um dos líderes, o Palmelense.

A equipa do Cercal, que foi orientada neste jogo de forma provisória por um conjunto de pessoas que fazem parte da actual estrutura desportiva do clube, entrou em campo com vontade de discutir o resultado como aliás veio a acontecer.

A vitória da equipa de Palmela, que não foi nada fácil de conseguir, foi obtida com um golo solitário de Grampola marcado, ainda na primeira parte, precisamente aos 20 minutos.

Num campo de piso pelado, que favorecia o tipo de futebol praticado pela equipa da casa, o Palmelense foi obrigado a arregaçar as mangas para regressar a casa com os três pontos da vitória porque a equipa da Juventude Cercalense foi sempre um adversário difícil, que nunca se deu por vencido.

Depois deste resultado, o Palmelense mantém-se na frente da tabela classificativa com os mesmos pontos da ADQC [que também venceu nesta jornada] e mais dois que o FC Setúbal.

A Juventude Cercalense ocupa o 15.º lugar com 10 pontos conquistados nas duas vitórias e quatro empates que obteve na primeira volta da competição.
Na próxima jornada a Juventude Cercalense folga e o Palmelense recebe o seu vizinho dos Brejos de Azeitão.


REPORTAGEM… 

JOÃO LUDOVICO, presidente da Juventude Cercalense:

FLÁVIO SANTOS, treinador do Palmelense:


Share on Google Plus