1.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» Grandolense 2 Monte de Caparica 0

Tudo ficou resolvido em apenas cinco minutos…

GRANDOLENSE SOBE AO QUARTO LUGAR DA TABELA CLASSIFICATIVA

O Grandolense derrotou o Monte de Caparica por 2-0 em jogo realizado no Estádio Municipal de Grândola relativo à 16.ª jornada que assinalou o início da segunda volta do campeonato distrital da 1.ª Divisão.

O jogo começou com as duas equipas à procura do golo e as primeiras oportunidades até pertenceram à equipa do Monte de Caparica mas como se costuma dizer, quem não mata morre, quem acabou por marcar foi a equipa de Grândola por intermédio de Cajó, quando estavam decorridos cerca de 15 minutos.

A equipa do Monte de Caparica tentou reagir mas sofreu quase de imediato o segundo e tudo se tornou mais complicado. Fábio, aos 20 minutos, foi quem ampliou a vantagem para a formação alentejana que ficou desde muito cedo com uma vantagem de dois golos.

Na segunda parte o Grandolense ficou reduzido as 10 unidades devido à expulsão de Cajó e foi obrigado a jogar de forma mais recuada.

O Monte de Caparica tentou tirar partido da situação apostanto mais no ataque mas as coisas não lhe saíram bem e o Grandolense foi controlando as operações, gerindo oresultado que não voltou a sofrer alteração.

Com este resultado a a equipa de Grândola ascendeu ao quarto lugar da tabela com 30 pontos, menos um que o Charneca de Caparica que esté em terceiro e menos três pontos que o Amora, segundo classificado. 

Eu situação totalmente inversa encontra-se o Monte de Caparica que com a derroat sofrida caiu no último lugar.

Na próxima jornada o Grandolense desloca-se ao Montijo para medir forças com o líder e o Monte de Caparica recebe o Beira Mar de Almada, em mais um dérbi do concelho.      


A OPINIÃO DOS TREINADORES


ANTÓNIO GOMES, treinador do Grandolense:


JOSÉ MEIRELES, treinador do Monte de Caparica:

“Não conseguimos acertar com a baliza e quando assim é não há nada a fazer”

“Entrámos bem no jogo, criámos duas boas situações aos 7 e aos10 minutos mas não fomos eficazes e aos 14 sofremos o primeiro golo num lance muito contestado pelos meus jogadores por alegado fora de jogo.

Quando estávamos a levantar a cabeça sofremos o segundo golo, aos 21 minutos, num lance infeliz do nosso guarda-redes, coisas que acontecem.

A partir daqui o Grandolense soube conservar a bola e fez o seu papel. Nós, corremos atrás do prejuízo mas não conseguimos acertar com a baliza. Quando assim é, não há nada a fazer. Parabéns ao Grandolense pela vitória e parabéns aos meus jogadores pelo que lutaram durante os 90 minutos”.

Share on Google Plus