2.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» Palmelense 2 Luso 0

Luso do Barreiro jogou desde muito cedo com 9 jogadores…

CATARINO CHEGOU, ENTROU E MARCOU O GOLO DA CONFIRMAÇÃO DA VITÓRIA

Depois da derrota sofrida em Corroios, o Palmelense, regressou às vitórias na partida que disputou no Campo Cornélio Palma, com o Luso do Barreiro, relativa à 15.ª jornada do campeonato distrital da 2.ª divisão.

Para além do interesse no jogo havia também a curiosidade de poder ver em acção o mais recente reforço da equipa de Palmela, o veterano Catarino, que apesar dos seus 44 anos, continua empenhado em atingir a meta dos 300 golos. E, se à partida para este jogo lhe faltavam oito, agora já só lhe faltam sete porque, embora só tenha jogado 15 minutos, conseguiu marcar um golo. Fantástico, sem dúvida.

Quanto ao jogo o que se pode dizer é que a equipa de Palmela marcou no princípio e no fim e que pelo meio houve duas expulsões que deixou a equipa do Barreiro reduzida a nove jogadores.

De facto, estavam decorridos apenas três minutos quando Fábio Pinto abriu o activo. Depois, aos 20 e 25 minutos, surgem as expulsões de Semedo e Marco e as coisas ficaram muito complicadas para a equipa do Barreiro que se viu obrigada a recuar no terreno para fechar o caminho para a sua baliza.

A equipa de Palmela, com mais dois elementos em campo, dominava por completo as operações e ia criando algumas oportunidades mas não conseguia finalizar e o resultado continuava teimosamente a assinalar 1-0.

Flávio Santos resolve então colocar em campo Catarino e o que é certo é que foi ele a resolver definitivamente a questão marcando o golo que confirmou a vitória já em período de compensação (90+2’).

No Luso do Barreiro será de salientar o carater, o espírito e a grande entreajuda dos jogadores que deram tudo o que tinham em campo, em busca do melhor resultado possível. 

Com este resultado o Palmelense manteve os três pontos de vantagem em relação ao segundo classificado [ADQC] e o Luso está na 13.ª posição com 12 pontos.

Na próxima jornada o Luso recebe a Juventude Cercalense e o Palmelense viaja até Santo André para defrontar o Estrela.



A OPINIÃO DOS TREINADORES…

FLÁVIO SANTOS, treinador do Palmelense:

LUÍS FIRMINO, treinador do Luso:


Share on Google Plus