INATEL»» Azul e Ouro 1 CP Corroios 1

Casa do Povo cumpriu 10.º jogo de invencibilidade…

UMA SEMANA DEPOIS DE SE TEREM DEFRONTADO AS DUAS EQUIPAS VOLTARAM A EMPATAR


Os dois primeiros classificados do Grupo B voltaram a encontrar-se, agora para acerto de calendário, em jogo em atraso da ronda inaugural, e voltaram a empatar a uma bola, confirmando-se o grande equilíbrio entre as duas equipas, que continuando separadas por um ponto, tudo aponta, irão discutir entre si os dois primeiros lugares do grupo.

A Casa do Povo de Corroios cumpriu o seu 10.º jogo de invencibilidade, facto que confirma a sua grande confiança e motivação. E, Fábio Castanheira, ao apontar o golo do empate para a CPC, aos 64', passou a ser o melhor marcador da equipa esta época, coincidindo com o golo 250 do seu historial em jogos oficiais da INATEL.

Tal como na semana passada, em que a CP Corroios então como visitada inaugurara o marcador; desta vez coube à turma da casa abrir o placard, aos 35' da primeira parte, para depois na etapa complementar consentir a reacção adversária e o tento do empate aos 64 minutos.

O jogo decorreu de forma um pouco atabalhoada nos primeiros 20/25' com ambas as equipas algo receosas e confusas no futebol praticado, que melhorou no último quarto de hora da primeira parte com criação de chances de golo para as duas equipas, vindo os da casa a abrir o marcador aos 35' na sequência de um pontapé de canto, após uma primeira defesa de Miguel Louro, guardião visitante.

Na segunda parte a CP Corroios entrou muito forte e determinada em alterar o rumo dos acontecimentos, e logo no primeiro minuto num cruzamento/remate Diogo Mareco enviou a bola ao poste, não sendo feliz Rui Pereira na recarga, já que o remate que previa ser golo foi embater num contrário. Este sinal deu ânimo aos visitantes, que passaram a dispor de outras oportunidades [aos quatro e aos seis minutos], que não foram concretizadas.

Pouco depois, aos 47' os visitantes reclamaram um penalti não assinalado pela equipa de arbitragem, por mão na bola de um jogador da casa, dentro da área. Era notória a vontade da CPC em alterar o resultado, e aos 64', apenas quatro minutos depois de ter entrado em jogo, na sequência de um livre, Fábio Castanheira apontou o tento da igualdade, que o coloca neste momento como o melhor marcador da equipa, com quatro golos obtidos em sete jogos realizados, coincidindo com o golo número 250 do historial da Casa do Povo, em jogos oficiais da INATEL.

No período complementar os locais poucas chances tiveram sendo de assinalar apenas uma bola atirada ao poste [aos 68]. Desta forma pode dizer-se que o empate foi algo lisonjeiro para a equipa da casa, que mantém a liderança do grupo, com mais um ponto que a turma de Corroios, que dilatou para dez, o número de jogos em que permanece invicta nesta época, o que é um feito de assinalar.

Onze inicial da CPC: Miguel Louro; Diogo Mareco, Luís Duarte, Casimiro (cap.) e Artur; João Nery, Manuel Ferreira, Rómulo; Rui Pereira, Sérgio Pires e André Rodrigues. Jogaram ainda Fábio Castanheira, Fábio Silva e André Júnior. Diogo Cabecinha (gr) não foi utilizado.



Resultados e Classificações

Noutro jogo em atraso, mas relativo à 6.ª jornada, o Lagoa da Palha foi a Grândola vencer o lanterna vermelha [Cadoços), por expressivos 14-1.

Agora com o calendário acertado e todas as equipas com dez jogos efectuados, a classificação está assim ordenada: 1.º lugar, Azul e Ouro, 23 pontos; 2.º lugar, Casa do Povo de Corroios, 22 pontos; 3.º lugar, Lagoa da Palha, 20 pontos; 4.º lugar, Juventude Desportiva Melidense, 19 pontos; 5.º lugar, Brejos de Azeitão, 18 pontos; 6.º lugar, Juventude Sarilhense, 16 pontos.

A próxima jornada (11.ª) tem início no sábado, 13 de Fevereiro, com os jogos, CRI - Lagoa Palha e Melidense – Sarilhense e termina no dia seguinte com o Azul e Ouro - Brejos de Azeitão, Passil - Cadoços e Casa do Povo de Corroios - Bairro Olival Queimado, este às 17h. no Campo António Marques Pequeno, em Corroios.

No Grupo A jogou-se no sábado o jogo em atraso da 4.ª jornada, entre o Vale de Milhaços e o Águias Negras que os primeiros venceram por 5-3.
Neste grupo a classificação é liderada pelo Valdera com 27 pontos, seguindo-se o Vale de Milhaços com 23 pontos mas menos um jogo, Forninho com 18 pontos, Terras da Costa com 17 pontos mas também menos um jogo, Praiense com 15 pontos e em 6.º lugar o Curvas com 14 pontos.

Na próxima ronda, que se joga a 14 de Fevereiro, defrontam-se: Valdera -V. Milhaços; Terras Costa - Forninho; Curvas - Praiense; Africanos - Samouquense e Vinhense - Águias Negras, numa jornada super - emotiva que reúne confrontos directos entre os seis primeiros classificados.

Vítor Santos

Share on Google Plus