1.ª DIVISÃO AF SETÚBAL»» Amora 4 Pescadores 0

Luisinho e Cavani foram as figuras do jogo…

VITÓRIA INTEIRAMENTE JUSTA COM UMA EXIBIÇÃO BASTANTE TRANQUILA

Em jogo relativo à 11.ª jornada, que se encontrava em atraso, o Amora derrotou os Pescadores da Caparica por 4-0 e ficou a apenas dois pontos do Desportivo Fabril que terminou a primeira volta do campeonato em primeiro lugar.

A vitória do Amora não sofre qualquer tipo de contestação porque foi superior ao seu  adversário em todos os aspectos. Como notas mais salientes do encontro ficam os dois golos marcados de cabeça por Luisinho [provavelmente o jogador mais baixo em campo] tirados a papel químico depois de dois excelentes cruzamentos efectuados do lado direito por Flávio Silva que coroou a sua boa exibição com a marcação do terceiro golo da sua equipa.

A equipa orientada por David Martins entrou em campo com um objectivo bem definido e no primeiro lance do encontro [ainda decorria o primeiro minuto] poderia ter marcado sendo a bola afastada in-extremis por um defensor caparicano quase sobre o risco fatal.

Depois deste lance outros se seguiram com muito perigo para a baliza à guarda de Hernâni que acabou por ser alvejada com êxito aos 12 minutos da forma já descrita por Luisinho que aos 33 minutos voltou a repetir a façanha.

De referir que antes do segundo golo amorense os Pescadores ficaram reduzidos a 10 jogadores por expulsão de Edi [21 minutos]. E se as coisa se estavam a tornar difíceis para os Pescadores ainda mais complicadas se tornaram a partir do momento em que ficaram a jogar em inferioridade numérica.

Apesar do domínio exercido e da pouca agressividade em termos ofensivos por parte da equipa da Costa de Caparica o resultado manteve-se até ao intervalo.

No reatamento os Pescadores surgem com Pedro Cascalho no lugar de Hernâni [foi assistido diversas vezes no decorrer do primeiro tempo] que jogou em esforço durante largos minutos.

Nos primeiros momentos da segunda parte os Pescadores ainda deram mostras de algum atrevimento mas aos 49 minutos o Amora faz o 3-0 por Cavani que marcou à sua anterior equipa e tudio ficou definitivamente decidido, se é que já não estava.

Tendo em conta a forma como o jogo decorria, David Martins aproveitou para testar um sistema de jogo diferente com dois pontas-de-lança [Ricardo Santos e Willians] e aos 57 minutos o resultado estava já em 4-0, sendo o último golo marcado por Willians.

Depois, naturalmente, o jogo que continuou sempre a ser dominado pelo Amora, abrandou de ritmo, o tempo foi passando e até ao fim não se marcaram mais golos, embora tivessem havido mais algumas oportunidades para isso.

No final, pode dizer-se que foi um vitória tranquila do Amora perante um adversário que nunca colocou verdadeiramente em perigo a baliza à guarda de Madureira que teve efectivamente uma tarde com pouco trabalho.

Na próxima jornada o Amora que joga em casa com a ADQC [último classificado] vai ficar atento às notícias vinda de Alfarim onde a equipa local recebe o Desportivo Fabril e os Pescadores recebem na Costa de Caparica o Sesimbra.

A OPINIÃO DOS TREINADORES...










Share on Google Plus