FUT. FEMININO»» Selecção distrital em 1.º lugar

Fase final realiza-se em Março, na Costa de Caparica…

TRIUNFO A FECHAR ABRE PORTA PARA TÍTULO NACIONAL ÀS NOSSAS GUERREIRAS

Precisavam de um triunfo e conseguiram, com brilho. As jovens guerreiras da selecção distrital da AF Setúbal de futebol sub-16 venceram, no passado domingo, o derradeiro jogo da fase zonal e seguem agora com renovada ambição para a disputa do título nacional do “Inter-associações”.

A selecção distrital de futebol feminino sub-16 da AF Setúbal venceu, por duas boas a zero, em Beja, a sua congénere de Castelo Branco e classificou-se em primeiro lugar no seu grupo de qualificação, na fase zonal Sul do Torneio Inter-associações, que decorreu na capital do Baixo Alentejo.

Depois de não terem ido além de um empate a zero no confronto com a selecção de Beja num jogo em que foram claramente superiores, mas sem correspondência na eficácia da concretização, as nossas guerreiras não refrearam a ambição e impuseram-se com classe e forte entrega num frente à selecção de Castelo Branco num desafio em que estavam obrigadas a vencer por dois ou mais golos de diferença para terminarem o grupo em primeiro lugar.

Beatriz Conduto foi a futebolista da AF Setúbal que assumiu destaque na partida, ao marcar os dois golos, que valeram a justificada vitória.

Tal como já havia acontecido no jogo inaugural, dominamos o adversário em todo o jogo. Desta vez, mostrámos a eficácia que não nos tinha sorrido e a vitória é, totalmente, justificada”, começou por abordar o seleccionador distrital de futebol da AF Setúbal, Alexandre Santana.

O técnico vincou que as futebolistas “deram tudo em campo para não deixarem escapar a possibilidade de vencer o grupo”. “Exibiram uma grande qualidade de jogo, mesmo perante um adversário que tentou tapar todos os caminhos para a baliza. Estão de parabéns”, felicitou.

Alexandre Santana não hesitou em revelar-se surpreendido com a capacidade competitiva demonstrada nos dois jogos pelas jogadoras. “Esta selecção foi muito renovada e ainda está no começo de um processo, mas a atitude e qualidade competitiva que as jogadoras mostraram já foi muito interessante”, elogiou, o técnico.

Feitas as contas ao grupo de três em que competiu a selecção da AF Setúbal terminou a prova com 4 pontos, os mesmo obtidos por Beja, mas com o facto de as nossas guerreiras terem vantagem nos golos marcados.



Costa de Caparica recebe a fase final

Será, portanto, de um lote de oito representações regionais apuradas (as seis primeiras classificadas dos grupos de qualificação mais a melhor segunda e a AF Madeira) que irá sair a selecção vencedora do Torneio Nacional Inter-associações de futebol de 7 sub-16.

A decisão está marcada para os dias 18, 19 e 20 de Março e vai ser poder ser vista de perto na nossa região. De facto, a fase final nacional da competição, que volta a reunir as selecções distritais, está agendada para a Costa de Caparica e terá a co-organização da AF Setúbal.

A fase final vai ser muito complicada. As selecções que vão discutir o título vão mostrar muito mais equilíbrio competitivo. Todavia, a nossa ambição é jogar para vencer e será assim quando chegar a altura de entrar em campo”, anteviu Alexandre Santana.

Todavia, o seleccionador distrital não olha para este resultado, agora obtido na fase zonal, apenas como um desfecho competitivo. “Temos vindo a fazer um trabalho importante no futebol no feminino da nossa região. Um trabalho que tem nos clubes um papel fundamental na sua progressão e o qual devemos elogiar. É assente na perspectiva de fazer evoluir esta variante que estamos, todos, empenhados, porque só desta forma é que podemos ambicionar ter mais praticantes e, consequentemente, ver mais jogadoras representadas na Selecção Nacional”.

Alxandre Santana não esqueceu o total de 31 atletas que integraram os vários treinos de preparação para a fase zonal. “Este resultado também lhes pertence. Agradeço o seu contributo e sabem que fazem parte de um grupo recheado de qualidade”.


Fonte: AF Setúbal

Share on Google Plus