domingo, 1 de setembro de 2013

ALMADA»» Élio Santos, treinador da equipa:

Técnico diz que há 7 ou 8 equipas que vão querer andar nos primeiros lugares...

“Temos a consciência de que vai ser um campeonato muito difícil”

Devido ao bom trabalho realizado na época passada onde se sagrou vice-campeão, o Almada Atlético Clube voltou a apostar em Élio Santos para liderar a equipa técnica nesta nova temporada.

Com Élio Santos transitam também Custódio Galveias e Paulo Loureiro e a estes juntam-se agora Vítor Conceição e Luís Galveias que na época passada estiveram nos juniores do Alcochetense.

A tarefa que os aguarda não vai ser fácil porque a oposição é forte de qualquer forma reina a esperança na realização de uma boa campanha em 2013/2014.

Élio Santos diz que “se o ano passado havia dois ou três candidatos e foi extremamente difícil este ano com quatro ou cinco ainda vai ser mais complicado” de qualquer modo na conversa que manteve connosco realçou a qualidade do plantel que lhe dá totais garantias.

Jogar sempre para fazer o melhor possível

O ano passado o Almada terminou em segundo lugar. E este ano, como é que vai ser. Vai querer ficar em primeiro?
O objectivo de qualquer equipa é jogar sempre para fazer o melhor possível e nós não fugimos à regra. Conseguimos felizmente um orçamento um pouquinho diferente que nos permitiu reforçar o plantel mas temos a consciência de que vai ser um campeonato muito difícil porque há quatro ou cinco equipas que provavelmente se vão assumir. As equipas que desceram da 3.ª Divisão Nacional, o Alcochetense que tem um óptimo plantel e até mesmo o União de Santiago e o Arrentela que vieram da 2:ª Divisão Distrital e muitos podem desvalorizá-los. São sete ou oito equipas que tal como nós vão querer andar nos lugares cimeiros. Se o ano passado havia duas ou três e foi extremamente difícil este ano ainda vai ser mais complicado.

Mas o Almada este ano apresenta um plantel mais reforçado!
Sim, é um facto. Em termos de maturidade fomos buscar o Nicolau e o Madureira mas acabámos por nos basear num projecto que a direcção quer implementar daqui a três ou quatro anos, que consiste na formação de um plantel constituído à base de jogadores sub-23. De qualquer forma, isso não pode ser feito do pé para a mão. Aliás, eu penso que a experiência dos mais velhos vem reforçar a qualidade dos mais novos. Daí a necessidade que sentimos em ir buscar dois ou três jogadores mais experientes e manter os quatro ou cinco que já cá estavam que foram fundamentais na época anterior. Com todos eles e com os miúdos que fomos buscar creio que ficámos com um plantel que nos dá garantias de realizar uma boa temporada.

O Alcochetense vai ser um adversário muito complicado

E o campeonato começa logo com um jogo grande!
É verdade. Parece que o Almada está talhado para fazer as primeiras jornadas com grandes equipas. A época passada foi com o C. Piedade e este ano é com o Alcochetense. Às vezes temos o hábito de dizer que a equipa A ou a equipa B ganhou a adversários mais fracos mas a verdade é que eles também fazem parte do campeonato tal como os mais fortes. O Alcochetense vai ser um adversário muito complicado e difícil não só pela qualidade do seu treinador e do seu plantel mas também pela própria estrutura que segundo parece vai tem este ano como principal objectivo a subida de divisão.

O Almada começou a treinar praticamente no início de Setembro; ou seja, cerca de 15 dias antes da Taça AF Setúbal. Isso quer dizer que esta competição poderá funcionar para o Almada como complemento da pré-época?
Sim, de facto vamos começar um pouco em cima do acontecimento mas a verdade é que o campeonato só começa a 20 de Outubro e temos muito tempo até lá. Foi uma opção, o ano passado correu bem, esperamos que aconteça o mesmo este ano. Decidimos começar no dia 30 de Agosto por um lado para não prejudicar os jogadores e respectivas famílias e por outro lado porque o nosso grande objectivo é o campeonato. Sabemos que no dia 15 de Setembro temos já uma competição oficial, portanto vamos aproveitá-la da melhor forma para complementarmos o trabalho preparatório para o campeonato. Apesar disso, vamos entrar na Taça com o objectivo de fazer o nosso melhor. Se conseguirmos chegar às meias-finais como aconteceu a época passada será muito bom mas se formos à final tanto melhor. Volto a dizer que, ao contrário de outras equipas que começaram a trabalhar muito mais cedo, a nossa prioridade não é a Taça mas sim o campeonato.

As perspectivas de Nuno Cirilo e Luís Costa

Nuno Cirilo e Luís Costa são dois dos capitães da equipa por isso quisemos também registar a sua opinião sobre o que pensam da equipa e o que pretendem fazer nesta nova época desportiva.
Nuno Cirilo começou por realçar a importância da adaptação dos novos colegas. “Vamos receber bem os colegas que vieram de novo para que se integrem o mais rapidamente possível para assim podermos realizar uma época calma, tranquila e se possível melhor que a época passada. Em casa, vamos querer ganhar os jogos todos, coisa que não conseguimos o ano passado e depois tentar amealhar o maior número de pontos possível para garantir a manutenção e fazer melhor que o ano passado”. Cirilo como ambicioso que é não esconde o desejo de poder vir a terminar o campeonato em primeiro lugar mas ao mesmo tempo diz que “não é esse o principal objectivo mas se conseguirmos, tanto melhor. Neste momento, é uma hipótese que não está no nosso pensamento mas que poderá vir a estar lá mais para a frente”.
E dirigindo-se aos sócios e adeptos em jeito de mensagem disse: “acompanhem-nos e venham ver os nossos jogos porque iremos procurar praticar bom futebol. O relvado está a ficar cada vez melhor e isso poderá também contribuir para que o futebol seja mais atractivo. Para conseguirmos ganhar o maior número de vezes possível precisamos do apoio de todos

“Venham ver o Almada porque não se vão arrepender”

Luís Costa, por sua vez referiu que “qualquer equipa que se prepara para uma nova época quer fazer sempre melhor que na anterior. Estávamos a ser cínicos se disséssemos o contrário. Se viermos a subir de divisão será fantástico mas por agora vamos pensar jogo a jogo de forma tranquila trabalhando com a intenção de dignificar a camisola do clube”.
Em relação ao plantel, Luís Costa é da opinião que este ano se apresenta mais forte. “a direcção e a equipa técnica tentaram reforçar o plantel para torná-lo melhor e penso que conseguiu que ele ficasse mais consistente. Os que continuam da época passada só têm que dar as boas vindas aos que agora estão a chegar para que eles se adaptem o mais rápido possível”.
Em relação aos adeptos, Luís Costa foi conciso e preciso. “Venham ver o Almada porque não se vão arrepender, com toda a certeza”.

Sem comentários:

Enviar um comentário