quarta-feira, 23 de Abril de 2014

CICLOTURISMO»» Entre Seixal e Alandroal

No próximo sábado...

Sérgio e Nélson Rosado organizam passeio de bicicleta

Os irmãos Sérgio e Nélson Rosado, do grupo musical Anjos, organizam no sábado, dia 26 de Abril, a 5.ª edição do Seixal - Terena, em bicicleta. Com um carácter de cicloturismo, a iniciativa pretende juntar um grupo de ciclistas para percorrer um percurso que une o Município do Seixal à vila de Terena, no Alandroal.

A participação não requer inscrição e a concentração tem lugar junto à sede da Sociedade Filarmónica Timbre Seixalense, às 8.30 horas.

O percurso na distância de 200 Km é feito sobre asfalto, em vias nacionais e municipais, sendo ideal a utilização de uma bicicleta de estrada.


Como tudo começou...

A iniciativa realiza-se desde 2010 e Nelson Rosado, o seu principal mentor, conta como tudo começou:

“Vem de longe a minha ligação ao Alentejo, direi mesmo que é uma ligação de "sangue" uma vez que a minha mãe é natural do Alentejo. Apesar da terra natal da minha mãe ser Rio de Moinhos, concelho de Aljustrel (Baixo Alentejo) lugar que tanto me diz por razões óbvias. No entanto foi no Alto Alentejo, na freguesia de Terena, concelho do Alandroal, que fui encontrar um "refúgio", chamemos-lhe até um género de " retiro espiritual" que muito me diz, gostei das suas gentes, pessoas de trato fácil e humildes, gostei das paisagens e claro que pesou o facto de ter algumas pessoas no meu circulo restrito de amigos que são oriundos desta fantástica Vila, daí até adquirir há uns anos atrás, uma propriedade nesta fantástica terra foi um instante, bem como também a realização de um sonho, mas adiante, é por todos conhecido, a minha, e também do meu irmão Sérgio, enorme paixão e principal Hobby que são as bicicletas (nas vertentes BTT e Cicloturismo). 
Recordo que foi em 2010 que lancei um desafio a um grupo de amigos, com quem costumava fazer uns passeios de bike, que seria fazer o percurso Seixal (que é a minha terra natal) - Terena em bicicleta de estrada, e nada melhor que aproveitar um dos dias importantes das grandes festas da Vila de Terena, que são as festas em honra da nossa senhora da Boa Nova, para o fazer! E assim foi, o grupo pioneiro em 2010 era composto por mim (Nelson Rosado), Pedro Duque, Wilson, Natalino Lopes, Ricardo Chasqueira e o Manuel Rosado que conduzia o carro de apoio, a viagem durou 6 horas e 15 minutos sem percalços de maior, quanto à chegada posso-vos garantir que é de uma magia e emoção indiscritível!!!! a chegada é no largo principal em frente ao Monumento Nacional (que é uma igreja fortaleza) da Boa Nova, e tudo isto momentos antes de se iniciar uma das mais antigas e bonitas procissões da Península Ibérica. Gostei tanto da experiência que todos os anos pela mesma altura do ano (o primeiro fim de semana a seguir à Pascoa) lá vou eu, umas vezes sozinho, outras vezes acompanhado:) fazer o percurso/passeio/peregrinação em bicicleta (chamem-lhe o que entenderem) ”.

ATLETISMO»» Milha Urbana de Fernão Ferro

Realiza-se no dia 1 de Maio

As inscrições terminam a 29 de Abril

A União Recreativa e Juventude de Fernão Ferro e os Zatopeques de Fernão Ferro, vão organizar, com o apoio da Câmara Municipal do Seixal e da Junta de Freguesia de Fernão Ferro, no dia 1 de Maio, pelas 10 horas, a 10.ª Milha Urbana de Fernão Ferro.

A prova, desenvolvida no âmbito dos JOGOS DO SEIXAL 2014 e integrada no XXVII Troféu de Atletismo do Seixal 2014, terá como local de concentração, partidas e chegadas a Escola Básica do 1.º Ciclo Quinta dos Morgados, na Rua Luís de Camões, em Fernão Ferro.

Podem inscrever-se atletas a título individual ou em representação de clubes, escolas e outras associações, federados ou não. As inscrições são totalmente gratuitas e deverão ser enviadas, até às 22 horas do dia 29 de Abril, para o Complexo Municipal de Atletismo Carla Sacramento: telf. 210 97 61 20 ou e-mail: joaquim.maia@cm-seixal.pt.

A 10.ª Milha Urbana de Fernão Ferro destina-se a atletas de todos os escalões, desde Benjamins a Veteranos, masculinos ou femininos, e o percurso será feito em circuito fechado, composto por duas voltas, na distância exacta de 1.609 metros, percorridas na Rua Antero de Quental (partida), Rua da Igreja, Rua da Juventude e chegada na Rua Luís de Camões.

No final serão entregues medalhas aos três primeiros classificados individuais de cada escalão e taças/troféus às cinco primeiras equipas da classificação colectiva.

INATEL»» Domingo jogam-se as meias-finais

Vencedores disputam o título…

Azul e Ouro recebe Bairro do Olival e
Casa do Povo desloca-se a Vale de Milhaços

A Taça Fundação INATEL está a entrar na sua fase derradeira. No próximo domingo, dia 27 de Abril, pelas 16 horas, realizam-se os jogos relativos às meias-finais da competição, no que respeita ao distrito de Setúbal.

No Campo Municipal do Vale da Amoreira, na Baixa da Banheira vai realizar-se o Azul e Ouro (Concelho da Moita) – Bairro de S. João e Olival Queimado (Concelho de Alcácer do Sal). E, no Parque Desportivo J. Caetano, em Vale de Milhaços, joga-se o dérbi da freguesia de Corroios que coloca frente a frente o Vale de Milhaços e a Casa do Povo de Corroios, ambos do concelho do Seixal.

Caso se registe empate no final do tempo regulamentar, o vencedor será encontrado no desempate por marcação de pontapés da marca de grande penalidade.

Os vencidos disputarão o jogo de atribuição do 3.º e 4.º lugar, que antecede o jogo da final distrital em que participarão os vencedores das meias-finais; respectivamente às 14h30m e 17 horas do dia 4 de Maio, no Complexo Desportivo Municipal Carla Sacramento, no Muxito, Cruz de Pau, Amora.

Estes jogos fazem parte integrante da “Festa do Futebol”, cuja organização foi atribuída pela Fundação INATEL à Casa do Povo de Corroios.

O vencedor da final será o representante Distrital na Fase Nacional da Taça Fundação INATEL 2013-2014.

terça-feira, 22 de Abril de 2014

XVI TORNEIO DE FUTEBOL INFANTIL»»» ALFARIM PÁSCOA 2014

Infantis e Benjamins...

Arrentela e Flecha Negra (Espanha) foram os grandes vencedores

A equipa de Infantis do Atlético Clube de Arrentela, com vitórias em todos os jogos disputados, foi a brilhante vencedora do XVI Torneio de Futebol Infantil organizado pelo Grupo Desportivo de Alfarim, em parceria com a Junta de Freguesia do Castelo.

A nível individual foram distinguidos como melhor marcador Bruno Esperança (AC Arrentela); melhor guarda-redes, Bernardo Lobo (NRD Ídolos da Praça) e melhor jogador, Rui Pedro (AC Arrentela).

No escalão de Benjamins a vitória foi obtida pela formação espanhola do Flecha Negra (Badajoz) que levou a melhor sobre a equipa da casa [5-4] no prolongamento, depois do empate a duas bolas registado no final do tempo regulamentar. A Francisco Marques (GD Alfarim), Diogo Maçorano (CD Cova da Piedade) e Carlos Rodriguez (CP Flecha Negra) foram atribuídos, por esta ordem, os prémios relativos ao melhor marcador, melhor guarda-redes e melhor jogador

RESULTADOS COMPLETOS DO TORNEIO

BENJAMINS
Sexta-feira | 18 Abril

U11 (09H15) | G.D. Alfarim 4-1 Janitas Torres Vedras
U11 (09H50) | C.D. Cova Piedade 3-0 U.F. Comércio Indústria
U11 (10H25) | Janitas Torres Vedras 0-0 S.C. Beira-Mar
U11 (11H00) | U.F. Comércio Indústria 1-2 C.P. Flecha Negra
U11 (11H35) | S.C. Beira-Mar 2-5 G.D. Alfarim
U11 (12H10) | C.P. Flecha Negra 3-0 C.D. Cova Piedade

Sábado | 19 Abril

U11 (09:15) | Janitas Torres Vedras 1 vs. 1 UF Comércio Indústria (3-1 a.p)
U11 (10:15) | SC Beira-Mar 2 vs. 4 CD Cova da Piedade
U11 (11:15) | GD Alfarim 2 vs. 2 CP Flecha Negra (ESP) (4-5 a.p)

CLASSIFICAÇÃO FINAL
1º Classificado | CP Flecha Negra (ESP)
2º Classificado | GD Alfarim
3º Classificado | CD Cova da Piedade
4º Classificado | SC Beira-Mar
5º Classificado | Janitas Torres Vedras
6º Classificado | UF Comércio Indústria

Prémios Individuais:
Melhor Marcador | Francisco Marques (GD Alfarim)
Melhor Guarda-redes | Diogo Maçorano (CD Cova da Piedade)
Melhor Jogador | Carlos Rodriguez (CP Flecha Negra)



INFANTIS
Sexta-feira | 18 Abril

U13 (14H00) | G.D. Alfarim 0-5 Extremadura Central
U13 (14H50) | G.D. Pescadores C.C. 3-1 Janitas Torres Vedras
U13 (15H40) | Extremadura Central 1-1 N.R.D. Ídolos da Praça
U13 (16H30) | Janitas Torres Vedras 1-5 A.C Arrentela
U13 (17H20) | N.R.D. Ídolos da Praça 3-1 G.D. Alfarim
U13 (18H10) | A.C Arrentela 3-0 G.D. Pescadores C.C.

Sábado | 19 Abril

U13 (14:15) | GD Alfarim 1 vs. 2 Janitas Torres Vedras
U13 (15:30) | NRD Ídolos da Praça 2 vs. 4 GD Pescadores
U13 (16:45) | Extremadura Central (ESP) 3 vs. 10 AC Arrentela


CLASSIFICAÇÃO FINAL
1º Classificado | AC Arrentela
2º Classificado | Extremadura Central (ESP)
3º Classificado | GD Pescadores
4º Classificado | NRD Ídolos da Praça
5º Classificado | Janitas Torres Vedras
6º Classificado | GD Alfarim

Prémios Individuais:
Melhor Marcador | Bruno Esperança (AC Arrentela)
Melhor Guarda-redes | Bernardo Lobo (NRD Ídolos da Praça)
Melhor Jogador | Rui Pedro (AC Arrentela)

segunda-feira, 21 de Abril de 2014

BASQUETEBOL »» Torneio da Páscoa do Seixal foi um êxito total

Em masculinos e femininos, respectivamente…

CB QUELUZ E GD ESSA FORAM OS VENCEDORES

A terceira edição do Torneio da Páscoa do Seixal para Sub-14 que se realizou no passado fim-de-semana foi um êxito total considera a organização que proporcionou aos cerca de 130 participantes dois dias de competição, convívio, diversão e muita amizade que perdurarão, com toda a certeza, nas suas memórias por muitos e bons anos.

No que à competição diz respeito o CB Queluz foi o primeiro nos rapazes, após disputada a final, em que levou de vencida o Seixal, por 65-48. Nas posições imediatas classificaram-se o Galitos e o Scalipus, por esta ordem. Nas raparigas o vencedor foi o GD ESSA que venceu o Quinta dos Lombos por 56-45 no jogo que decidia o primeiro lugar, tendo-se classificado de seguida o CB Queluz, o Carnide e o Seixal.

Ainda no que à parte desportiva diz respeito, assinale-se que foram eleitos, por votação dos treinadores das equipas participantes, os cincos ideais de ambos os sexos, tendo sido escolhidos os seguintes atletas: Miguel Correia (CB Queluz), João Pedro Miranda (CB Queluz), João Raimão (Galitos FC), Dinis Forte (Seixal FC) e João Barata Guerreiro (Seixal FC) CS), entre os rapazes, e Inês Dias (GD ESSA), Maria Teresa Faustino (GD ESSA), Marta Rodrigues (Carnide), Sarah Oliveira (Carnide) e Carolina Oom (CRC Quinta dos Lombos), entre as raparigas.

Importa entretanto referir que o torneio foi muito para além dos jogos. A noite de sexta-feira iniciou-se com um jantar volante que consistiu num churrasco de bifanas, entremeadas e outros petiscos que a todos deixou deliciados, seguiu-se um colóquio onde todos foram brindados com os excelentes contributos do Miguel Minhava (atleta internacional do Galitos, função que acumula com a de treinador dos Sub-14 masculinos do clube) e de Margarida Junqueira (atleta Sub-16 do Seixal FC que recentemente foi convocada para os trabalhos da selecção nacional do escalão) e para terminar o animado serão, foi realizado um concurso de karaoke onde todas as equipas participaram e do qual saiu vencedor o Scalipus, através da interpretação de Pedro Grabulho.

No final, só uma palavra para classificar o trabalho da organização; formidável. Cumprimento escrupuloso dos horários, boa comida, muita festa, boas arbitragens, tudo do bom e do melhor, só possível devido à excelente colaboração das Sub-16 e dos Sub- 18 do Seixal FC, que asseguraram a maioria das arbitragens e fizeram de guias/acompanhantes das equipas, e à maravilhosa equipa de pais dos atletas que tudo fez para que esta festa corresse como correu.

NATAÇÃO»» Campeonato Nacional de Clubes

A prestação do conjunto masculino foi magnífica

Associação Naval Amorense conquista título nacional da 2ª Divisão

Os nadadores da Associação Naval Amorense estiveram mais uma vez ao seu mais alto nível ao conquistarem o título de campeão nacional masculino da 2.ª divisão no Campeonato Nacional de Clubes que se realizou no passado fim-de-semana, na Piscina Municipal da Póvoa de Varzim.

Para além do título conquistado há também que salientar o excelente desempenho da equipa feminina que se classificou em 9.º lugar, entre 16 concorrentes, no campeonato nacional da 2.ª divisão. Este desempenho garante a entrada da Associação Naval Amorense para a elite da natação portuguesa. Quer isto dizer que na próxima época a equipa masculina vai disputar a 1.ª divisão e a equipa feminina a 2.ª divisão nacional.
A equipa estudantil, que se reforçou com alguns valores da natação nacional e outros que se encontram a estudar nos Estados Unidos, liderava por 173 – 162 à partida para a última jornada, mas a melhor ponta final permitiu a reviravolta dos amorenses que terminaram com mais dois pontos que o seu adversário [224 – 222]. No final a emoção e a alegria era tanta que os nadadores, como praxe, cortaram o cabelo ao seu treinador principal.

A prestação do conjunto masculino foi magnífica mas o título conquistado não foi nada fácil de conseguir porque à partida para a última jornada a equipa do Colégio S. João de Brito liderava com 11 pontos de vantagem 173 – 162. A melhor ponta final permitiu a reviravolta dos amorenses que chegaram ao fim com mais dois pontos que o seu adversário [224 – 222]. Ambas as equipas ascendem à 1.ª divisão nacional. Despromovidos, foram o Alcobaça, Gesloures, V. Guimarães e Natação de Olhão.

A equipa feminina, que com muito mérito alcançou o 9.º lugar, garantiu a sua permanência na 2.ª divisão nacional. A equipa vencedora foi a do Ginásio de Vila Real seguida do Famalicão, que sobem de divisão. Desceram o Pimpões, Viana Natação, Viver Santarém e V. Guimarães.

Na 1.ª divisão, a vitória em masculinos foi do Sporting [pela terceira vez consecutiva] com 135 pontos, seguido do FC Porto com 127 pontos. Desceram de divisão, Sp. Braga e Galitos (Aveiro). Na 1.ª divisão feminina o FC Porto sagrou-se hexacampeão nacional com 161 pontos seguida do Sporting com 118 pontos. Desceram de divisão, Gespaços e Gesloures.


As equipas da Associação Naval Amorense:

Individuais Masculinos:
Fábio Aires, Tiago Azevedo (200C, 50M e 100M), João Gil (1500L, 200E e 400E), Rafael Gil (50B, 100B e 200B), David Leiria (50L, 50C, 100C), Rafael Nunes (200M), João Santos (100L, 200L e 400L) e Diogo Silveira.

Estafetas Masculinos:
João Santos, Tiago Azevedo, Fábio Aires e Rafael Gil (4x100L).
Fábio Aires, Rafael Gil, João Gil e João Santos (4x200L).
David Leiria, Rafael Gil, Tiago Azevedo e Fábio Aires (4x100E).

Individuais Femininos:
Beatriz Almeida, Andreia Cruz (50C, 100C e 200C), Patricia Mendes (100L, 50M e 100M), Matilde Nita, Sofia Rolão (200M), Soraia Rolim (50L, 50B e 100B), Carolina Santos (400L, 800L e 200B) e Sofia Silvestre (200L, 200E e 400E).

Estafetas Femininos:
Patricia Mendes, Sofia Rolão, Beatriz Almeida e Sofia Silvestre (4x100L).
Sofia Rolão, Beatriz Almeida, Sofia Silvestre e Carolina Santos (4x200L).
Andreia Cruz, Sofia Silvestre, Patricia Mendes e Beatriz Almeida (4x100E).

Técnicos:
Ricardo Santos, Raul Simões Ricardo Viana e Rita Serôdio.

domingo, 20 de Abril de 2014

ALMODÔVAR 1 C. PIEDADE 1 (CN Seniores)

Cova da Piedade só se pode queixar de si próprio

Com tanto desperdício só podia dar no que deu…

O Cova da Piedade não conseguiu melhor que um empate a uma bola em casa do último classificado, o Almodôvar, mas o resultado acabou por não ser assim tão mau porque não só manteve a sua posição em termos de tabela classificativa como também aumentou a sua vantagem ao lugar que obriga à disputada da liguilha.

A equipa piedense foi melhor do princípio ao fim e criou muitas oportunidades, algumas das quais flagrantes, mas não conseguiu traduzir em golos tanto domínio e tanta superioridade e, como consequência disso, acabou por ser penalizada com a perda de dois pontos.

Os pupilos de Sérgio Bóris foram os primeiros a marcar, estavam decorridos 66 minutos e o autor do golo foi David Pinto que havia substituído Chiquinho, ao intervalo. O encontro aproximava-se do fim e o vencedor parecia estar encontrado. Só que aos 85 minutos o inesperado aconteceu e o Almodôvar, com o excelente golo que marcou, conseguiu chegar à igualdade.

O Cova da Piedade jogou bem e teve uma boa atitude competitiva mas só se pode queixar de si próprio porque tinha a obrigação de fazer bem melhor no aspecto da finalização.


FICHA DO JOGO

Jogo no Complexo Desportivo de Almodôvar
ÁRBITRO: Pedro Sancho (Algarve)

ALMODÔVAR: A aguardar informação


C. PIEDADE: João Marreiros; Carlos Carvalho, Gaspar (Filipe Rodrigues, 70’), Ricardo Aires, Bulhão (Tiago Meira, 45’); França, Milton, Chiquinho (David Pinto, 45’); Jessy, Rodrigo e Hugo Rosa.
TREINADOR: Sérgio Bóris

Ao intervalo: 0-0
Marcadores: 0-1, David Pinto (66’); 1-1, (85’).

sábado, 19 de Abril de 2014

INICIADOS»» Benfica isola-se no primeiro lugar

Ao marcar os dois golos da sua equipa…

José Gomes foi a figura do jogo

O Benfica com a vitória alcançada sobre a U. Leiria (2-0), em jogo relativo à segunda jornada do campeonato nacional de iniciados, assumiu de forma isolada a liderança da fase de apuramento do campeão com mais três pontos que os seus mais directos perseguidores.

O triunfo obtido pela equipa orientada por Luís Nascimento não deixou qualquer margem para dúvidas porque foi claramente superior ao seu adversário que começou por querer jogar de igual para igual mas acabou por ceder, a partir sensivelmente dos 10 minutos.

A formação encarnada começou a tomar conta do jogo e depois de algumas ameaças abriu o activo por intermédio de José Gomes que concluiu de forma espectacular, com um cabeceamento efectuado quase em cima da linha limite da grande área, um cruzamento de Mamadu Lamba. A equipa de Leiria acusou de certa forma o golo sofrido e o Benfica aproveitou para dilatar a vantagem com a obtenção do segundo golo que seria de novo marcado por José Gomes, desta vez na cobrança de um livre directo à entrada da área.

Na segunda parte o domínio dos jovens benfiquistas foi bastante acentuado mas a U. Leiria demonstrando uma boa organização defensiva foi tapando os caminhos para a sua baliza e o resultado não sofreu alteração até ao fim, embora as águias tivessem tido algumas oportunidades para isso sendo a mais flagrante desperdiçada por Filipe Soares, aos 50m, quando isolado não conseguiu desfeitear o guarda-redes contrário, Rui Santos.

Pelos dois golos que marcou, José Gomes foi a figura do jogo.

No próximo dia 25 de Abril, às 11 horas, o Benfica recebe o FC Porto no Caixa Futebol Campus em jogo a contar para a 3.ª jornada da fase final.



TREINADORES:

Luís Nascimento (Benfica): “Na primeira parte trabalhámos bem e conseguimos construir o resultado. A vitória acabou por ser tranquila porque o adversário deu-nos depois o controle total do jogo, passando a jogar mais na expectativa. Na segunda parte, continuámos sempre à procura do golo e poderíamos ter aumentado a vantagem mas há que dar mérito ao U. Leria porque defendeu bem e condicionou o espaço à entrada da área”.


José Horta (U. Leiria): “Não saio daqui satisfeito, mas saio de consciência tranquila porque os meus jogadores estiveram bem e dentro das suas possibilidades tentaram fazer o melhor que sabem. O primeiro golo, marcado cedo, apareceu na pior altura porque moralizou o adversário e obrigou-nos a tentar dividir um pouco mais o jogo, contrariamente ao que seria de esperar. Independentemente dos resultados desta fase, a equipa está de parabéns por ter chegado até aqui”.



                    FICHA DO JOGO
  
 2 BENFICA     
U. LEIRIA 0   
Campo N.º 1 da Caixa Futebol Campus, no Seixal
Árbitro: Hugo Silva (Santarém)
Auxiliares: Gonçalo Antunes e Rui Ferreira
EQUIPAS
Bernardo Gonçalves
Rui Santos
Mamadou Koné
André Jorge
 Diogo David
Gonçalo Cruz
(Rodrigo Marta, 65’)
Luís Silva
Diogo Vieira
Diogo Santos
Renato Alexandre
Florentino Luís
(André Oliveira, 35’)
Tomás Dinis
Mamadu Lamba
(Gedson Fernandes, 35’)
Eduardo Marques
Filipe Soares
Emanuel Silva
José Gomes
Pedro Ruivo
(Hugo Fonseca, 35’)
Jordan Van der Gaag
 (Mésaque Dju, 60’)
Tiago Costa
(Luís Silva, 52’)
João Filipe
(Nuno Santos, 67’)
Lucas Reis
TREINADORES
Luís Nascimento
José Horta
Ao intervalo: 2-0
Marcadores: 1-0, José Gomes (14’); 2-0, José Gomes (30’).
Disciplina: nada a registar






FUTEBOL INFANTIL»» Alfarim Páscoa 2014 (Resultados)

Alfarim e Flecha Negra (Sub-11) e Arrentela (Sub-13) estão 100% vitoriosos


No primeiro dia de competição os resultados dos jogos do Torneio de Futebol Infantil do Alfarim, foram os seguintes:






Sexta-feira, 18 de Abril 2014:
U11 (09:15) | Alfarim 4 Janitas (Torres Vedras) 1
U11 (09:50) | Cova da Piedade 3 UF Comércio Indústria 0
U11 (10:25) | Janitas (Torres Vedras) 0 SC Beira-Mar 0
U11 (11:00) | Comércio Indústria 1 Flecha Negra (ESP) 2
U11 (11:35) | SC Beira-Mar 2 Alfarim 5
U11 (12:10) | Flecha Negra (ESP) 3 Cova da Piedade 0

U13 (14:00) | Alfarim 0 Extremadura Central (ESP) 5
U13 (14:50) | Pescadores 3 Janitas (Torres Vedras) 1
U13 (15:40) | Extremadura Central (ESP) 1 Ídolos da Praça 1
U13 (16:30) | Janitas (Torres Vedras) 1 AC Arrentela 5
U13 (17:20) | Ídolos da Praça 3 Alfarim 1
U13 (18:10) | Arrentela 3 Pescadores 0

Os jogos finais terão lugar este sábado, 19 de Abril.
Benjamins (U11) da parte da manhã e Infantis (U13) da parte da tarde.

U11 (09:15) | Janitas (Torres Vedras)- Comércio Indústria
U11 (10:15) | SC Beira-Mar - Cova da Piedade
U11 (11:15) | Alfarim - Flecha Negra (ESP)

U13 (14:15) | Alfarim - Janitas (Torres Vedras)
U13 (15:30) | Ídolos da Praça - Pescadores
U13 (16:45) | Extremadura Central (ESP) - Arrentela

sexta-feira, 18 de Abril de 2014

TAÇA AF SETÚBAL»» Banheirense 0 Amora 1

Banheirense foi um digno vencido…

Amora conquista troféu com golo olímpico de Carlitos

Quando aos 63’ Pedro Andrade guarda-redes do União Banheirense brindou os espectadores do Vila Amália com uma “fífia”, ficou escrito que o Amora seria o seguidor do Grandolense, na conquista da Taça da Associação de Futebol de Setúbal.

A partida até nem começou mal para os homens da Baixa da Banheira, que foram os primeiros a criarem problemas para a baliza adversária, logo no minuto inicial com Honório a rematar com perigo. Na resposta, Formiga também cria alguns embaraços a Pedro Andrade. Após uns minutos iniciais de domínio Banheirense, o Amora equilibrou a partida, que embora nem sempre bem jogada, ia deixando a grande massa humana que se deslocou ao Vila Amália minimamente satisfeita. Foi numa toada de parada e resposta, e com o perigo a surgir em ambas as balizas, que se atingiu o intervalo com o nulo no marcador.

Esperava-se a reacção das duas equipas para os segundos quarenta e cinco minutos, mas foi o Amora que entrou com a firme disposição de resolver o jogo. Muito pressionante, a equipa de Pedro Amora não deixava a formação Banheirense sair do seu último reduto. Aos 55’ a defesa da Baixa Banheira quase fazia autogolo, um minuto depois Carlitos tem uma “bomba” que esbarra na trave da baliza de Pedro Andrade. Era a equipa Amorense por cima do jogo, perante um adversário que tinha dificuldades em explanar o seu futebol. O golo que se adivinhava acabou por surgir com Pedro Andrade a não ficar muito bem na fotografia depois de ter feito aos 63’ uma enorme defesa após remate de Carlitos. No seguimento do lance, o Amora conquista um canto com Carlitos a marcar de forma directa para a baliza do Banheirense, com o guarda-redes Pedro Andrade a ver o esférico passar por cima de si entrando na sua baliza. Estava aberto o marcador e entregue a Taça à equipa do Amora.

O técnico Ricardo Pardal ainda tentou chegar ao golo da igualdade operando uma série de alterações na sua equipa mas estava escrito que a Taça iria mesmo direitinha à a sala de troféus da equipa do concelho do Seixal.

Fechando-se muito bem na sua defensiva, o Amora não permitiu mais veleidades ao adversário, sendo de realçar o seu guarda-redes [Pombo] que no último minuto do prolongamento, negou com uma grande defesa, a última esperança do Banheirense levar o encontro para prolongamento, num lance em que o outro guarda-redes [De Andrade] quase marcava.

Taça bem entregue, numa final não tão bem jogada como a foi a da época anterior. No entanto quem se deslocou a Sesimbra para assistir a esta final, não deu o seu tempo por mal empregue, com a felicidade do tempo também ajudar.

José Palma e seus assistentes estiveram em bom plano. Foram dignos de uma final.

CRÓNICA DE PAIS CORREIA

                                                                                                            
                                                                                                                  












Vídeos de Nelson Patriarca



REPORTAGEM...


AMÂNDIO JESUS, director desportivo do Banheirense

“A partir do golo praticamente não houve jogo
porque reinou a falta de fair-play e o antijogo”

“Na primeira-parte o Banheirense foi claramente superior. Teve mais posse de bola, o domínio do jogo e foi a equipa que criou mais lances de perigo. O Amora ia respondendo como podia, essencialmente, através de lances de bola parada, táctica que utilizou ao longo de todo o encontro. Na segunda-parte, com a saída de Ramirez, por lesão, ao intervalo, a minha equipa perdeu poder de choque e tivemos mais dificuldade a recuperar as bolas, acabando o Amora por chegar ao golo, através de um canto directo, com a trajectória da bola a surpreender o nosso guarda-redes. A partir do golo, podemos dizer que praticamente não houve jogo, uma vez que reinou a falta de fair-play e o antijogo, chegando inclusivamente a haver quatro bolas em campo atiradas pelo banco do Amora. No período de descontos, tivemos por duas vezes, oportunidades claras de marcar, que a acontecer colocaria justiça no marcador, mas infelizmente para nós isso não aconteceu. Em relação ao trabalho do árbitro José Palma, tendo em conta que é um árbitro experiente, deixou-me surpreendido ao não expulsar o número 8 do Amora, quando este já tinha amarelo, poderia aí ter-se alterado o rumo do jogo. Na segunda parte, ao utilizar tamanhas vezes o apito empurrou a nossa equipa para trás, beneficiando desta forma o adversário, ao pactuar, de forma evidente, com o antijogo praticado pelo Amora. Por último, quero agradecer aos meus jogadores e técnicos, pelo esforço, dedicação e humildade com que se entregam a cada jogo e que nos permitiu estar hoje nesta final; aos elementos directivos, pelo apoio que nos dão; e, aos adeptos, que encheram três autocarros para estarem connosco a apoiar-nos neste dia tão importante para a história do clube”.



PEDRO AMORA, treinador do Amora:

“Este é um troféu que fica para a história do clube
e também o meu primeiro título como treinador”

“A primeira parte não foi muito bem jogada de parte a parte mas equilibrada, com muita luta, muito querer e o resultado poderia ter pendido para qualquer dos lados, apesar de terem havido poucas oportunidades. A segunda parte foi totalmente nossa. Não me lembro de nenhum remate de perigo que o Banheirense tenha feito, a não ser no tempo de descontos num lance em que o guarda-redes deles quase conseguia marcar. Portanto, foi uma vitória inteiramente justa de uma equipa que tem trabalhado muito durante o ano todo e que está a fazer um campeonato excepcional. A Taça acaba por ser a cereja no topo do bolo. Este é um justo prémio para os jogadores que tiveram uma boa atitude, um bom empenho e muita ambição em especial durante a segunda parte. Quero também dar os parabéns ao Banheirense porque vendeu cara a derrota. Este é um troféu que fica para a história do clube, o primeiro título para esta direcção, para alguns jogadores e também o meu primeiro título como treinador. Na próxima temporada vamos estar na Taça de Portugal que é igualmente importante para o clube não só a nível desportivo mas também em termos financeiros. Quero também dar os parabéns aos jogadores pela excelente época que têm feito e dizer que esta vitória pode ser também muito importante em termos de campeonato porque para a semana vamos ter um jogo que pode decidir muita coisa em relação à luta pela conquista do título. Se tivéssemos perdido os níveis de confiança eram menores. Assim, as coisas são bem diferentes. Em relação à arbitragem não há nada a dizer. O seu trabalho foi aceitável, não houve casos e deixou jogar, embora por vezes o adversário se mostrasse bastante agressivo”.


FICHA DO JOGO

Jogo no Estádio Vila Amália, em Sesimbra
ÁRBITRO: José Palma (Núcleo de Setúbal), auxiliado por Fábio Duque (Setúbal) e João Lourenço (Pinhal Novo); 4.º árbitro, Sérgio Lobo (Almada / Seixal)

BANHEIRENSE: De Andrade; Honório, Hernâni, Euclides, Coelho (Tiago, 83’); Mário, Ramirez (Morgado, 45’), Márcio Abu; Hugo Lúcio (Nico, 58’), João Racha e Celé.
TREINADOR: Ricardo Pardal

AMORA: Pombo; Balela, Freire, Alex, Jandir; Rigor (Maside, 66’), David Martins, Hugo Graça; Formiga (Joca, 80’), David Rodrigues (Lorete, 90+2’) e Carlitos.
TREINADOR: Pedro Amora

Ao intervalo: 0-0
Marcador: 0-1, Carlitos (63’)
Disciplina: cartão amarelo para Freire (15’), Márcio Abu (30’), Rigor (45’), Pombo (90+2’) e Lorete (90+4’).