Destinado a todas as modalidades e aos clubes da Margem Sul do Tejo

Destinado a todas as modalidades e aos clubes da Margem Sul do Tejo

Sport Video

Resource

Tecnologia do Blogger.

Destaques

BASQUETEBOL»» Nasceu um novo clube em Setúbal

Grupo Feminino de Basquetebol…


TRAZER O BASQUETEBOL FEMININO A SETÚBAL É O GRANDE OBJECTIVO


Foi criado recentemente na capital do distrito o Grupo Feminino de Basquetebol de Setúbal com o objectivo de proporcionar a prática da modalidade a todas as interessadas.

Os treinos decorrem no Parque Verde da Bela Vista às terças, quintas e sábados entre as 20 e as 21 horas, onde podem e devem comparecer todas as potenciais candidatas a um lugar na equipa que pretende vir a competir a nível oficial no escalão de seniores.
O Grupo integra já 15 atletas mas o clube deseja que esse número possa vir a ser alargado por forma a torna-lo mais forte e coeso.

A propósito, deixamos aqui a mensagem e o convite feito por Carina Guedes na página do grupo no facebook:

Criámos este grupo com o intuito de juntar o máximo de raparigas que queiram ter a oportunidade de praticar este desporto, que visa a desenvolver o espírito de liderança, de equipa e até a autoestima. Se já jogaste, ou gostarias de aprender, junta-te a nós e vamos tornar este sonho possível! 

Iremos colocar-vos algumas questões e gostaríamos que respondessem para a realização de sondagens, com a finalidade de termos conhecimento do número de atletas dispostas assumir um compromisso connosco. Se tiverem alguma sugestão e/ou dúvida, não tenham receio: publiquem. Contudo, podem contactar-nos directamente por mensagem privada. Ajudem a divulgar este grupo para o máximo de raparigas possível! Juntas iremos trazer o basquetebol a Setúbal!


O projecto apresentado por um grupo de jovens da Freguesia de São Sebastião mereceu a melhor compreensão por parte do executivo que está a dar todo o apoio possível, sobretudo a nível logístico. 

Contactos : Facebook – Setúbal Academy ou Grupo Feminino Basquetebol Setúbal ; Twitter – Setúbal Academy; Email: setubal.academy@gmail.com; Telémovel: 919 768 431

COVA DA PIEDADE»» Equipa foi reforçada

Dois são avançados, um defesa e um guarda-redes…

TRÊS DOS QUATRO REFORÇOS CHEGAM DE LOURES

O Clube Desportivo da Cova da Piedade, vencedor da Série H do Campeonato de Portugal, começa o play-off [que pode levar o clube à II Liga] das subidas em casa frente ao Benfica e Castelo Branco, segundo classificado da Série F.

Todos os clubes passam para esta fase com zero pontos mas certamente muita ambição em conseguir o melhor resultado possível e nesse sentido aproveitaram o mercado para fazerem alguns ajustes no seu plantel. Foi o que aconteceu também com o C. Piedade que se vai apresentar nesta segunda fase da competição com quatro novos jogadores sendo três deles oriundos do Loures: Rui Varela, Bruno Bernardo e Sebastião Nogueira. O outro chega do Pinhalnovense, Rui Dabó.

Rui Dabó é guarda-redes, tem 21 anos, fez toda a sua formação no V. Setúbal, na sua primeira época como sénior representou o Caldas e agora chega ao Estádio Municipal José Martins Vieira vindo do Pinhalnovense clube que representou na época anterior e na primeira fase de esta.

Bruno Bernardo é defesa, tem 29 anos, e no seu curriculum de jogador consta passagens por Belenenses, Atl. Cacém, Madalena, Portosantense, Sintrense, Moura, Farense, Quarteirense, Quarteirense e Loures.

Sebastião Nogueira tem 27 anos, é avançado, começou a jogar em Coimbra nas escolinhas da Académica, depois representou o Sporting nos vários escalões de formação, esteve quatro anos em Chipre, passou pelo Futebol Benfica, 1.ª Dezembro e Loures.


Rui Varela é também avançado, tem 32 anos e também representava o Loures. Começou a jogar no Moitense, depois passou pelo Benfica B, Juventude de Évora, Atlético, Olivas e Moscavide, Estrela da Amadora, Beira Mar, Belenenses e Mafra.

BARREIRENSE»» Apresenta reforços internacionais

Chegam da Bulgária, Trinidad e Tobago e Bélgica…

CLUBE FECHA JANELA DE TRANSFERÊNCIAS COM TRÊS JOVENS TALENTOS

Em comunicado publicado na sua página oficial o Futebol Clube Barreirense anunciou que fechou a janela de transferências de Janeiro com a inscrição de 3 jovens talentos internacionais.

Hristo Gogovski, Duane Muckette e Anas Bouzerda, são as novidades nos plantéis sénior e júnior do emblema alvirrubro e prometem reforçar o talento, qualidade e a garra que tão bem caracterizam o futebol barreirense.

A primeira janela de transferências de 2016 constituiu um alargamento da visão do FC Barreirense no que concerne ao reforço dos seus plantéis sénior e júnior. O clube acolhe nas suas fileiras três jovens talentos que prometem trazer ainda mais alegrias e entusiasmos aos adeptos e a todos os que seguem de perto o futebol do Barreirense.

Hristo Gogovski, com 22 anos, é um jovem e talentoso futebolista búlgaro que vem reforçar o meio campo da equipa sénior alvi-rubra. Campeão nacional no seu país, integrou por diversas vezes a equipa nacional da Bulgária de Sub-19. Gogovski antes de ingressar no Barreirense, tem estado à experiência numa equipa que disputa a La Liga em Espanha.

Duane Muckette é um médio-atacante de 20 anos de Trinidad e Tobago e que pode também jogar como avançado pivot. Destacou-se ao representar o seu país nas selecções de Sub-23, Sub-20 (como capitão) e Sub-17. Recentemente representou a Trinidad e Tobago nos Jogos Pan-Americanos e nas eliminatórias Olímpicas. Fortemente focado em vencer, Duane trará mais emoção ao futebol da primeira equipa do FC Barreirense.

A equipa júnior do FC Barreirense vê igualmente reforçado o seu ataque com a chegada de Anas Bouzerda, jovem de 19 anos de idade com dupla nacionalidade: belga e marroquina. Oriundo da equipa de Sub- 19 do Zulte Waregem, da Bélgica, tem um fantástico recorde de golos e assistências. Bouzerda, treinou com a equipe nacional belga, e antes de Zulte-Waregem, integrou os Sub-17 do KC Mechelen, da Pro Liga belga.

Como é sua tradição, o FC Barreirense dá as boas vindas aos jovens futebolistas que agora irão representar as suas cores, confiante de que o mesmo sentimento será partilhado por todos os sócios e simpatizantes que de forma tão firme têm defendido e apoiado o futebol no Barreiro.



FUTEBOL FEMININO»» Castrense 0 Paio Pires 2

Mariana Malta e Nádia Zurga foram as marcadoras…

BOA EXIBIÇÃO DAS GUERREIRAS FOI COROADA COM DOIS GOLOS

A equipa sénior de futebol feminino do Paio Pires obteve uma importante vitória em Castro Verde por duas bolas a zero no jogo que disputaram relativo à 13.ª jornada do Campeonato de Promoção.

Mariana Malta aos 31 minutos e Nádia Zurga aos 77 minutos, em dois lances de bola parada, foram as marcadoras dos golos da equipa paiopirense que realizou uma exibição bastante agradável.

Com os três pontos conquistados as guerreiras passaram a somar 22 pontos que lhe valem o quarto lugar na tabela classificativa encontrando-se o Quintajense em terceiro lugar com 29 pontos, o CAC (Pontinha) na segunda posição com 36 pontos e o Estoril em primeiro lugar com 39 pontos, com 13 vitórias noutros tantos jogos.  

Na opinião do treinador Rui Lourenço, o Paio Pires fez “um grande jogo contra uma grande equipa. Foi de facto um jogo complicado e bem disputado pelas duas equipas mas a nossa equipa que terá realizado um dos melhores jogos da época foi mais forte e ganhou com inteira justiça. Gostaria também de salientar a forma como fomos recebidos pela equipa de Castro Verde, só temos que agradecer esse facto”.

Rui Lourenço referiu também que “o objectivo consiste agora em tentar chegar ao segundo lugar que irá dar oportunidade de participar na fase final para entrar na Liga de Elite (1.ª Divisão Nacional).”

“No próximo domingo, às 15 horas, no nosso campo, temos um jogo muito importante contra o Malveira da Serra para o qual pedimos apoio à nossa massa associativa”, rematou.

A equipa paiopirense alinhou da seguinte forma: Nadine; Sofia Hilário (Flávia Oliveira, 70’), Patrícia Freitas, Ana Carolina, Mariana Malta; Therese, Carla Cardoso, Nádia Zurga; Cabana (Neuza Rodrigues, 55’), Inês e Monteiro (Tânia, 84’).

Nos outros jogos da jornada o resultado mais significativo foi obtido pelo Belenenses que impôs um empate ao Quintajense. De resto, tudo aconteceu dentro da normalidade. Estoril e CAC (Pontinha), que se defrontam na próxima jornada, ganharam os seus jogos e aumentaram a vantagem em relação ao terceiro classificado. E, em sentido totalmente oposto encontra-se o Olímpico do Montijo que continua à procura da sua primeira vitória no campeonato.




Resultados e Classificação

RESULTADOS  (13.ª jornada): Castrense 0 Paio Pires 2; Sintrense 0 Guia 1; Belenenses 1 Quintajense 1; Estoril 8 Malveira da Serra 0; EFF Setúbal 1 CAC (Pontinha) 6; Olímpico do Montijo 1 B.º Santo António 3.

CLASSIFICAÇÃO: 1.º lugar, Estoril, 39 pontos; 2.º lugar, CAC (Pontinha), 36 pontos; 3.º lugar, Quintajense, 29 pontos; 4.º lugar, Paio Pires, 22 pontos; 5.º lugar, Guia e Castrense, 19 pontos; 7.º lugar, Sintrense, 18 pontos; 8.º lugar, Belenenses, 14 pontos; 9.º lugar, Escola FF Setúbal, 13 pontos; 10.º lugar, Bairro St.º António, 10 pontos; 11.º lugar, Malveira da Serra, 9 pontos; 12.º lugar, Olímpico do Montijo, 0 pontos.


PRÓXIMA JORNADA  (14-02-2016): Castrense – Belenenses; Olímpico do Montijo – Sintrense; Quintajense – Guia; Paio Pires - Malveira da Serra; CAC (Pontinha) - Estoril; B.º Santo António – Escola FF Setúbal. 

AMORA»» Tem mais um reforço

Jogador promete trabalhar para ajudar o clube a ser campeão…

BANDEIRA (EX-BANHEIRENSE) É A MAIS RECENTE NOVIDADE


João Bandeira, médio ofensivo, de 20 anos, é o mais recente reforço do Amora Futebol Clube.

O jogador, que fez toda a sua formação no Barreirense, ingressou a época passada no União Banheirense, clube que representava também esta época até ser abordado para representar o actual segundo classificado do Campeonato Distrital da 1.ª Divisão.

Esta época ao serviço da União Banheirense, João Bandeira marcou três golos no campeonato.

Depois de Flávio Silva (ex-Pescadores da Caparica) segue-se agora Bandeira (ex-Banheirense) jogadores que vêm colmatar as recentes saídas de Formiga e Paulo Tavares.  

Bandeira, que assistiu à vitória da sua equipa sobre os Pescadores da Caparica, começou a trabalhar na Medideira no final da semana passada e tudo indica que poderá vir a ser opção já no próximo domingo na recepção à Quinta do Conde, se o técnico David Martins assim entender.


Na sua primeira entrevista como jogador do Amora confessou que as gentes da Baixa da Banheira não ficaram muito satisfeitas com a sua saída mas "decidi tentar a minha sorte, a decisão foi minha”, afirmou a propósito o jogador que promete trabalhar para ajudar o Amora a ser campeão. 





INICIADOS»» Benfica 3 Nacional 0

Madeirenses dificultaram bastante na primeira parte…

ÁGUIAS SÓ DESPERTARAM DEPOIS DO INTERVALO 

O Benfica recebeu e venceu o Nacional por 3-0 em jogo a contar para a 3.ª jornada da fase de apuramento do campeão repartindo assim na Série Sul o comando da tabela classificativa com o Belenenses, só com vitórias.

O jogo não teve grande história e a vitória da equipa orientada por Luís Nascimento só peca por escassa face ao elevado número de oportunidades criadas e desperdiçadas sobretudo na segunda parte período em que atirou também duas bolas ao ferro da baliza contrária, uma por Gonçalo Gomes (37’) e outra por João Domingues (65’).

As águias começaram por assumir o jogo desde o início, instalaram-se no meio campo contrário e criaram a primeira situação de perigo aos 10 minutos num cabeceamento de Sandro Cruz, após cruzamento de José Gata efectuado do lado esquerdo do seu ataque.

O volume de jogo ofensivo da equipa da casa era enorme mas os madeirenses mostrando uma boa organização defensiva não davam grandes espaços e a bola não chegava nas melhores condições à zona de finalização das águias que atacavam muito mas não criavam grande perigo.

A resistência dos insulares porém só durou até aos 24 minutos, altura em que o Benfica se adiantou no marcador com um golo de Gonçalo Ramos, que apareceu ao segundo poste a cabecear, na sequência de um lance de bola parada (livre lateral).

A ganhar pela diferença mínima (1-0) ao intervalo, os benfiquistas entraram muito fortes no segundo tempo e em apenas três minutos criaram mais oportunidades das que haviam conseguido em toda a primeira metade do encontro.

A pressão era constante e o segundo golo, marcado por Tiago Araújo (42’) acabou por acontecer sem surpresa tal como o terceiro obtido por Úmaro Embaló (48’). Depois foi só gerir a vantagem até ao fim num jogo em que os madeirenses nunca conseguiram colocar em perigo a baliza benfiquista.




TREINADORES

Luís Nascimento (Benfica): “Na primeira parte tivemos muita bola mas fomos pouco objectivos na zona de finalização porque o adversário abdicou de atacar para defender com muita gente. Na segunda, em três minutos criámos mais oportunidades que em toda a primeira parte e acabámos por ganhar de forma justa”.



João Sousa (Nacional): “A equipa esteve organizada e procurou cometer o menor número de erros possível para dificultar o maior poderio do Benfica que foi superior e um justo vencedor. Trabalhar sobre derrotas não é fácil mas gostei da atitude dos meus jogadores”.


MIGUEL PINÉU»» Uma das pedras basilares no Moura

Fez 17 jogos, em 18 possíveis…

“TRABALHO, EMPENHO E DEDICAÇÃO TÊM SIDO AS CHAVES DO SUCESSO”

Miguel Pinéu [filho de Manuel Pinéu, treinador do Quinta do Conde] tem apenas 20 anos mas muita ambição no mundo do futebol onde pretende ficar ligado como jogador profissional.

A jovem promessa do futebol nacional que fez a sua formação no Barreirense e V. Setúbal transitou ainda com idade de júnior para a Naval da Figueira da Foz para integrar a equipa que disputava na altura o Campeonato Nacional de Seniores. A idade [18 anos] não constituiu obstáculo e a sua qualidade valeu-lhe a titularidade, acabando por realizar uma época bastante positiva. Na época seguinte teve uma breve passagem pelo Alfarim de onde transitou para o Fátima (CNS) e nesta temporada rumou até ao Alentejo para ingressar no Moura Atlético Clube que ganhou, juntamente com o C. Piedade, na Série H, o direito de participar no play-off das subidas que tem início já no próximo fim-de-semana.

Para Miguel Pinéu esta época está a correr de forma bastante positiva tanto a nível colectivo como a nível individual porque é um dos jogadores titularíssimos com 17 jogos realizados nos 18 possíveis.

Aproveitando este bom momento do jovem e a pausa no campeonato que passou a designar-se Campeonato de Portugal Prio, o nosso jornal falou com Miguel Pinéu sobre o seu desempenho no clube alentejano, da sua adaptação à cidade, do facto de estar a viver longe da sua área de residência, das razões que o levaram para os clubes por onde tem passado, das suas perspectivas para o futuro, das suas ambições pessoais e do apoio e carinho que a população tem para com os jogadores.




“Estou muito agradado com as condições que aqui encontrei”

Em termos individuais, como está a decorrer esta época desportiva em Moura?
A época tem estado a correr bem. No que toca à minha utilização, sinto que tenho estado a um nível razoável tendo feito 17 jogos dos 18 que teve esta primeira fase.

Porque estás longe da tua área de residência, foste obrigado a fixar-te nesta cidade alentejana. Sentiste alguma dificuldade de adaptação?
A cidade é ótima para quem quer estar focado e concentrado no aproveitamento do futebol. É uma cidade muito calma, onde as pessoas nos tratam bem e aos domingos marcam presença no estádio para nos apoiar. Em relação ao clube, estou muito agradado com as condições que aqui encontrei, é um clube com gente séria que cumpre a tempo e horas com tudo o que se comprometeu com os atletas. Resta acrescentar que encontrei um grupo fantástico quer ao nível dos colegas que são de cá, os que transitaram da época anterior e todos os que aqui chegaram na mesma altura que eu.

Para um jovem de 20 anos não se torna complicado viver longe de casa, sem o ombro amigo e o calor fraterno dos pais?
Nunca é fácil abandonarmos as pessoas que mais gostamos e com quem estamos habituados a lidar desde sempre. Desde os 18 anos que estou fora e sempre tenho encontrado bons colegas que nos ajudam a ultrapassar o facto de estarmos longe da família.




“O futebol é uma profissão bastante imprevisível”

Durante a tua carreira desportiva passaste por clubes da região de Setúbal, onde tens residência fixa, mas depois foste para a Naval, Fátima e agora Moura. Há alguma razão especial para que isso tenha acontecido ou tem a ver com o velho ditado que “santos da casa não fazem milagres”?
Não tem nada a ver com esse ditado mas sim com as escolhas e oportunidades que têm surgido ao longo destas três épocas Nestas escolhas destaco o papel importante da pessoa que me representa Sandro Giovetti porque para além de sempre me ter ajudado e aconselhado também tem sido um verdadeiro amigo.

Como perspectivas o teu futuro como jogador de futebol e quais são as tuas ambições a nível pessoal?
É sempre complicado tentarmos perspectivar o nosso futuro, especialmente no futebol que é uma profissão bastante imprevisível, mas espero que consiga alcançar as metas a que me propus. A nível pessoal espero continuar com o mesmo nível de trabalho e empenho para me tentar superar todos os dias, melhorar como jogador e como pessoa e continuar sempre a subir de patamar.

O apuramento para a fase das subidas não foi fácil. Em tua opinião, C. Piedade e Moura foram mesmo as melhores equipas?
Sendo o primeiro ano que jogo na série H não posso falar de anos anteriores mas este ano as equipas estavam bastante equilibradas e os últimos classificados podiam roubar pontos aos primeiros. No entanto, penso que houve duas equipas em destaque pelo futebol de qualidade que praticaram, o Moura e o Cova da Piedade. Penso que é inteiramente justa a presença destas duas equipas na fase das subidas.  




“A cidade de Moura apoia bastante o clube”

E, em relação ao Moura, quais são os vossos objectivos para o play-off?
O nosso objectivo para esta fase de subida vai continuar a ser a prática de futebol de qualidade, tentar conquistar pontos em todos os jogos e continuar a potenciar a saída de jogadores do plantel para outros campeonatos superiores.


A equipa tem sentido o apoio dos adeptos e das forças vivas da cidade
Sim, felizmente a cidade de Moura apoia bastante o clube. Desde o primeiro jogo do campeonato que temos sentido esse apoio. Espero que a passagem à fase das subidas ainda traga mais pessoas ao estádio.

Há mais alguma coisa que queiras acrescentar ao que já foi dito?

Queria apenas fazer um breve agradecimento a todas as pessoas que de uma forma ou de outra mostraram apreço por mim e agradecer esta oportunidade que me concedeu para que as pessoas me fiquem a conhecer um pouco melhor, assim como o clube que represento.

PESCADORES»» Pedro Amora é o novo treinador

Nino Lopes será o seu adjunto…

NOVO TÉCNICO SERÁ APRESENTADO AOS JOGADORES ESTA TERÇA-FEIRA

Pedro Amora é o novo treinador dos Pescadores. A notícia já foi divulgada em comunicado na página do clube e confirmada ao nosso jornal pelo presidente da Direcção, Diogo Luís, que não perdeu tempo em encontrar uma solução para o problema criado com a destituição da equipa técnica anterior chefiada pelo ex-campeão do mundo de Riade, Jorge Amaral.


A nova equipa técnica, que integra também como adjunto Nino Lopes, vai ser apresentada aos jogadores esta terça-feira começando imediatamente a trabalhar na preparação do jogo da próxima jornada com o Sesimbra que marca o início da segunda volta do campeonato e se realiza na Costa de Caparica.


Pedro Amora, de 41 anos, desenvolveu toda a sua carreira de treinador no Amora onde conquistou a Taça da AFS na época de 2013/2014 depois de se ter classificado em segundo lugar no campeonato, tal como aconteceu em 2014/2015.


Como jogador Pedro Amora representou vários clubes de norte a sul do país tanto nos escalões distritais como nacionais como é o caso do Sporting (Iniciados), Portosantense, Sourense, Marinhense, Seixal, Oliveira do Hospital, Pinhalnovense, Vendas Novas, Fabril, Sesimbra e Amora. 

TÉNIS DE MESA»» Torneio Cidade do Seixal

No Pavilhão Municipal da Torre da Marinha…


SÃO ESPERADOS CERCA DE 400 ATLETAS DE TODO O PAÍS



O Pavilhão Municipal da Torre da Marinha recebe no próximo fim-de-semana, dias 13 e 14 de Fevereiro, sábado e domingo, a 12.ª edição do Torneio Torrense Cidade do Seixal, em ténis de mesa, que contará com a participação de cerca de 400 atletas de todo o país.

O Independente Futebol Clube Torrense faz-se representar com 34 atletas, numa prova que irá contar com a presença de 40 clubes do continente e ilhas. 

O torneio, disputado nos escalões de juniores, cadetes, infantis e iniciados, masculinos e femininos, é dirigido a todos os clubes e praticantes devidamente inscritos na Federação Portuguesa de Ténis de Mesa, assim como a atletas estrangeiros inscritos em organismos reconhecidos pela mesma federação.

A competição é organizada pelo Independente Futebol Clube Torrense e peal Associação de Ténis de Mesa de Setúbal, com o apoio da Câmara Municipal do Seixal, União das Freguesias do Seixal, Arrentela e Aldeia de Paio Pires e Federação Portuguesa de Ténis de Mesa. 

COSTA DE CAPARICA»» Equipa técnica foi afastada

Novo treinador deverá ser anunciado amanhã…

JORGE AMARAL JÁ NÃO É TREINADOR DOS PESCADORES


O Grupo Desportivo Pescadores da Costa de Caparica anunciou esta tarde, em comunicado, o fim da ligação contratual com o treinador Jorge Amaral que na época anterior havia conquistado para o clube o título de Campeão Distrital da 2.ª Divisão.


Para além de Jorge Amaral saem também os restantes elementos da equipa técnica, nomeadamente Pedro Santos, Paulo Ventura e André Alvarenga que desempenhavam as funções de adjuntos.


Após a decisão tomada a direcção do clube começou de imediato a tratar da sucessão e se tudo correr da forma como está previsto o novo treinador deverá ser apresentado aos jogadores no treino de amanhã, terça-feira, a fim de poder preparar a equipa para o jogo da próxima jornada com o Sesimbra, a disputar precisamente na Costa de Caparica.



Jorge Amaral deixa a equipa no 8.º lugar com 19 pontos, cinco vitórias, quatro empates e seis derrotas.



VÍDEOS

Copyright © 2015 JORNAL DE DESPORTO ™ Designed by Templateism . Hosted on Blogger Platform.